Bem vindo!

Bem vindo!

INSTAGRAM



Instagram

Seguidores

DIA DAS MÃES SÃO TODOS OS DIAS...

Posted by: Juℓi Ribeiro in ,

Image Hosted by ImageShack.us

"Deus" não podia estar em todas as partes
ao mesmo tempo e por isso criou às mães...
FELIZ DIA DAS MÃES!

Minha Mãe"

"Lembro-te, Mãe, revendo a nossa casa...
O pequeno jardim, o poço, a horta...
O vento brando que transpunha a porta,
Afagando o fogão de lenha em brasa...
Esfregavas a roupa na bacia...
Eu ficava na rede, aos teus desvelos...
Depois, vinhas beijando-me os cabelos,
A embalar-me, cantando de alegria.
Dorme, dorme, prenda minha,
Dorme agora, meu amor,
És a jóia que eu não tinha,
Prenda minha, minha flor!...
Lá no Céu tem três estrelas, prenda minha,
Todas são de prata e luz...
Lá do Céu você me veio, prenda minha,
Por presente de Jesus!...
E lá se foi o tempo, ante as mudanças...
Cresci, fiquei rebelde...
Estradas novas...
Entrei no mundo grande, em grandes provas,
Carregando saudades e esperanças...
Hoje, volto a rever-te, mãe querida!...
Quero dizer-te, em minha gratidão,
Que és o amor sempre amor em minha vida,
E a própria vida de meu coração."

“Dádivas de Amor”
– Francisco Cândido Xavier/ Maria Dolores

This entry was posted on domingo, maio 11, 2008 and is filed under , . You can leave a response and follow any responses to this entry through the Assinar: Postar comentários (Atom) .

13 comentários

Tenha um feliz Dia das Mães, minha amiga querida!
Um beijo!

Que bom que hoje consegui entrar. Há 3 dias que só me dá mensagem de erro.
Feliz dia das mães amiga. Cá o dia das mães foi Domingo passado. Para si deixo-lhe este poema de um grande poeta da nssa lingua.

Poema à Mãe

No mais fundo de ti,
eu sei que traí, mãe.
Tudo porque já não sou
o menino adormecido
no fundo dos teus olhos.

Tudo porque tu ignoras
que há leitos onde o frio não se demora
e noites rumorosas de águas matinais.
Por isso, às vezes, as palavras que te digo
são duras, mãe,
e o nosso amor é infeliz.

Tudo porque perdi as rosas brancas
que apertava junto ao coração
no retrato da moldura.

Se soubesses como ainda amo as rosas,
talvez não enchesses as horas de pesadelos.

Mas tu esqueceste muita coisa;
esqueceste que as minhas pernas cresceram,
que todo o meu corpo cresceu,
e até o meu coração
ficou enorme, mãe!

Olha - queres ouvir-me? -
às vezes ainda sou o menino
que adormeceu nos teus olhos;
ainda aperto contra o coração
rosas tão brancas
como as que tens na moldura;
ainda oiço a tua voz:

"Era uma vez uma princesa
no meio de um laranjal..."

Mas - tu sabes - a noite é enorme,
e todo o meu corpo cresceu.

Eu saí da moldura,
dei às aves os meus olhos a beber.

Não me esqueci de nada, mãe.
Guardo a tua voz dentro de mim.

E deixo-te as rosas.
Boa noite. Eu vou com as aves.

Eugénio de Andrade

Feliz dia. Um abraço

Oi JULY!!!! Que bom que vc voltou a ativa e está postando, nós agradecemos.Lindo esse poema. Um Feliz e abençoado Dia das Mães!!!!

Espero que esta mãe já esteja 99,999%

Felicidades querida. Tenho sentido falta de seus textos. Você passou quase um mês sem postar um texto, e fiquei pensando nas dificuldades que andas passando.

Um cheiro!

Doce Amiga "Juli":
Um belo poema como todas as mães merecem.
Têm um coração enorme e um colo deslumbrante e afagante em que cabe sempre mais um. Mesmo que sejam imensos.
Olhe, um maravilhoso sentir que a sua mãe iria adorar. De uma beleza e ternura indescritíveis pela pureza e sensibilidade poética muito lindas.
Este espacinho está decorado pelo seu encanto. Por um Sentir/Ser admiráveis. Sinceros e muito ternos.
Que a mãe enorme que é, viva sempre em constante felicidade, bem-estar e harmonia. Merece por completo.
Sempre a estimá-la e a admirá-la com uma consideração e um respeito grandiosos de simplicidade que a aprecia pela sua imensa significação de genialidade como pessoa e poetisa que delicia e encanta.
O amigo sincero e franco

pena

Juli...
Desejo a vc um feliz Dia das Mães!

Um grande beijo

Juli, passando para um abraco.

Boa semana

July!!! VIVA!!!!!
Quando vc me visita eu fico muito feliz e honrada, vc comenta em vários posts e isso me dá alegria. Obrigada e não se esqueça de mim, passe sempre lá no meu Cantinho. Esse seu cantinho rosinha eu visito sempre, aqui também aprendo bastante e tem muito de sua simpatia, carinho e amor, Obrigada por tudo!!! Conte comigo, quando precisares de algo, ok???Beijinhos.

Olha quem fala minha querida Juli....Que lindo poema, as mães são de facto as extensões de Deus!
Por isso são as rosas nos jardins, as nuvens no céu, as gotas de orvalho na manhã, os sorrisos no olhar, as mãos sempre disponiveis....As mães são sempre as MÃES.

Mil beijos em ti, já tinha saudades de te ver no meu cantinho

Indescritível a sensação que tenho ao ler seu poema...

Meus parabéns... o que você escreve é lindo...

Como uma amiga minha disse: Essa história de maternidade vai deixar você mole....
Entendo como o "mole" dela esse turbilhão de emoções que estão dentro de mim... chorando minhas angústias, sorrindo o sorriso de minha filha...

Alguém um dia me disse: agora você é uma leoa... sou sim...

Obrigada pelas palavras... se eu não soubesse que há muita gente que lê seu blog eu lhe confessaria que algumas lágrimas apareceram aqui, mas como sei que muita gente passa por aqui, vou só falar que você é maravilhosa com as palavras

Postar um comentário

FEEDJIT Live Traffic Feed

Buttons - Parceiros



BlogBlogs.Com.Br Poem Blogs -  Blog Catalog Blog Directory Assinar com Bloglines
blog search directory Blogarama - The Blog Directory Site Meter Add to any service