Bem vindo!

Bem vindo!

INSTAGRAM



Instagram

Seguidores

Barbaridade!

Posted by: Juℓi Ribeiro


















Esta semana aqui no Brasil,
ocorreu uma barbaridade
que apavorou nossos corações,
principalmente os corações das "mães brasileiras".
Uma família foi assaltada e os ladrões ao levarem o veículo,
não deram tempo para uma senhora soltar
o cinto de segurança de seu filho.
O menino de seis anos foi arrastado pelo veículo
sem nenhuma piedade pelos marginais.
Pensem na dor dessa mãe ao presenciar
essa brutalidade!
O que fazer no mundo em que o crime e a impunidade
permite que uma atrocidade destas aconteça?
Isso sem falar de muitas outras que aconteceram
e de outras que estão acontecendo a todo o momento
e não estamos sabendo!
O que será de nossos filhos e dos filhos de nossos filhos?
O que será de todos os filhos de Deus?

QUANDO EU NASCI

Quando eu nasci,
ficou tudo como estava,
Nem homens cortaram veias,
nem o Sol escureceu,
nem houve Estrelas a mais...
Somente, esquecida das dores,
a minha Mãe sorriu
e agradeceu.
Quando eu nasci,
não houve nada de novo senão eu.
As nuvens não se espantaram,
não enlouqueceu ninguém...
P'ra que o dia fosse enorme,
bastava toda a ternura
que olhava nos olhos de minha Mãe...

-José Régio-

This entry was posted on segunda-feira, fevereiro 12, 2007 . You can leave a response and follow any responses to this entry through the Assinar: Postar comentários (Atom) .

10 comentários

Somos, sem excepção, bárbaros... Possámos crescer, sem medo, sendo nós mesmos...

Fica bem,
Miguel

Olá

Que bom que tu gostou da história Juli ^_^...também fiquei muito triste com o que aconteceu com o garotinho, só espero que ele tenha perdido a consciência, pra não ter sofrido tanto...nem preciso falar que adoro as tuas poesias né???...olhos castanhos, linda!!!

Até mais

Juli Uma barbaridade diladerante.
Grata pela visita.
Beijo

Sem dúvida uma barbaridade... imagino a aflição da mãe....

O poema "quando eu nasci" é lindo...imagino que no meio da dor nada importa...é suficiente olhar a criança.

Beijos de luz serena.

Minha querida vivemos num mundo de barbarie, em vez de evoluirmos vivemos essas situações....mas temos de acreditar nas pessoas....nao podemos desanimar.
beijos joao

Juli
Muito importante esse texto viu? Não apenas por este epsódio, mas pela não violencia de forma geral. Infelizmente temos hoje um país revoltado e isso só aumenta a violencia, acirra os animos.
Tá na hora de um BASTA!

Beijos

Sendo mãe, consigo imaginar a dor, é horrível, andam monstros á solta.

O Olhar de uma Mãe é imenso e protege-nos mesmo daquilo que nós não vemos. Também sou Mãe e a minha filha preenche meu olhar e o meu coração.

Deste lado...
Nem sol nem amores...
Nem sorrisos de criança...
Nem pingos de esperança....
BShell

Passo desejando um fim de semana cheio de luz.

Beijos de luz serena

Postar um comentário

FEEDJIT Live Traffic Feed

Buttons - Parceiros



BlogBlogs.Com.Br Poem Blogs -  Blog Catalog Blog Directory Assinar com Bloglines
blog search directory Blogarama - The Blog Directory Site Meter Add to any service