Bem vindo!

Bem vindo!

INSTAGRAM



Instagram

Seguidores

Apesar de tudo

Posted by: Juℓi Ribeiro in ,


















Apesar de tudo, continuamos amando,
e este "apesar de tudo" cobre o infinito.
Esta frase do filósofo Cioran expressa a extensão
dos nossos obstáculos amorosos.

Apesar de termos acreditado na eternidade

dos nossos sentimentos e depois descobrirmos
que nada mantém-se estável por muito tempo,
continuamos amando.

Apesar de termos sofrido noites inteiras

por amores que não se concretizaram
ou que foram vagos ou pueris,
continuamos amando.

Apesar de termos sido rejeitados,

apesar de o nosso amor não ter sido suficiente
para encantar o outro e fazê-lo permanecer
ao nosso lado,
continuamos amando.

Apesar de todos os livros escritos,

todas as sentenças filosóficas,
todas as análises terapêuticas
e todos os exemplos de paixões falidas,
continuamos amando.

Apesar de não termos mais 15 anos

e estarmos numa idade em que os outros
acreditam que o nosso coração envelheceu,
continuamos amando.

Apesar de a pessoa que a gente ama

sentir por nós um amor de amigo,
um amor fraterno, um amor camarada
que nada faz lembrar o amor ardente
que a gente deseja e sonha,
continuamos amando.

Apesar de a gente saber que o amor acaba,

que o amor talvez nem seja pelo outro,
mas apenas uma projeção do amor
que a gente tem por nós mesmos,
continuamos amando.

Apesar da falta de grana,

das desilusões com a política,
do cansaço no final do dia,
dos projetos que não foram adiante,
do tempo que nos falta e do medo que nos sobra,
continuamos amando.

Apesar da chuva que não permite

o passeio de mãos dadas,
do espaço compartilhado
que não permite privacidade,
da desaprovação dos que nada têm
a ver com o assunto,
continuamos amando.

Infinitamente,

apesar de tudo e todos e apesar de nós mesmos,
continuamos amando ...

-Martha Medeiros-


UPDATE:

Queridos amigos:
Fui submetida a uma cirurgia de emergência,
estou em recuperação e me preparando para

uma segunda fase da cirurgia.
ADORO VOCÊS.

Desejo a vocês um feliz Natal
e um ano novo maravilhoso!
Obrigada pela amizade e pelo carinho...

Recebam minha eterna gratidão e afeto.
Um abraço.
-Juℓi Ribeiro-

This entry was posted on sábado, novembro 21, 2009 and is filed under , . You can leave a response and follow any responses to this entry through the Assinar: Postar comentários (Atom) .

38 comentários

Oh, Maravilhosa Amiguinha:
É claro que temos força e convicção no amor.
Sem "isto" não há vida. E, "isto" é o amor.
Escreveu um delicioso e terno poema que fascina, encanta e enternece.
Sabe, é linda? Imenso e com uma sensibilidade genial de ouro puro.
Quanta doçura vai no seu coração precioso e imenso. Grandioso.
Beijinhos mil.
Adorei.
Sempre a admirá-la e a respeitá-la pela profunda sensação linda.

pena

MUITO OBRIGADO pela ternurinha que deixou expressa no meu blogue que adorei.
Vá. Força. OBRIGADO pela terna amabilidade que maravilha.
E, não esqueça: Há sempre amor.

Adorei a tua presença no Chá das Cinco!
Agora que você chegou o chá mais muito melhor minha querida.
Um grande beijo
Gemária Sampaio

Felizes os que deixam que o amor siga o seu caminho, felizes os que se deixam amar e amam.

Vim te visitar e aspirar belas palavras.

Beijos meus, com carinho.
Helena

Lembrarás tu que as manhãs
Acordam da tua luz fugidia
És esperança de perdida estrela
Quem recolhe a dor em Deus confia

Assombração que o luar esqueceu
Nas margens de um lago azul
Hoje passou a voar por mim
A última garça a caminho do sul

Era alva como a espuma do mar
Graciosa como mulher feliz
Voava de encontro ao vento
Com olhar brilhante de petiz


Boa semana


Mágico beijo

Sim, apesar de tudo, continuamos amando, ô beleza! kkk

Excelente texto!

bjs
O Sibarita

Preocupante será se algum dias deixarmos de amar...seja lá o que for. Um beijo querida amiga.

Ainda bem que as dores de amor passam quando um novo amor vem...dor que se esquece assim que o coração se apaixona...ainda bem, há vida sem amor?
beijos

E além de tudo, depois de tudo continuamos amando.
O que seria da vida sem amor??

Beijos

Nada como AMAR, a vida e tudo mais, mesmo que haja sempre algo contrariando, continuamos sempre a amar, é o sentimento mais belo que temos em nós.
Juli, meu anjo, obrigado por este carinho que sempre dás a quem por aqui passa.
E desculpa a ausencia, mas sabes que nossa amizade sempre está forte, e sempre nos vamos encontrando por aí, nem que seja no orkut ou no facebook não é?
Hoje também me deu aquela vontadezinha de publicar algo meu, acho que de vez em quando a saudade de dizer algo no blog é forte demais.
Beijooooooooooooos e vamos nos vendo sempre por ai meu anjo (te adoroooooooo)

Apesar de tudo, teu blog eh um encanto.entrei e gostei de te ler
Mil beijos
Rachel

A amizade é a força do equilibrio.
Que chegar aqui e ler tua literatura.
Voltarei amiga meu beijo

Maravilhosa Amiguinha de Sonho:
"Apesar de tudo"o amor, a ternura, o carinho, estão imanentes aqui, doce e linda amiguinha fabulosa.
Um poema muito belo, sensível, doce e perfeito.
Adorei. Vim ler e reler.
Parabéns pelo seu talento ímpar.
Jamais a esquecerei e seria falta de educação não poder contemplar a sua doçura linda e extraordinária.
Beijinhos mil.
Sempre a respeitá-la e a admirá-la.
Com carinho e afecto sinceros

pena

Espero que tudo esteja bem consigo, valiosa e preciosa amiga de enternecer e maravilhar.
MUITO OBRIGADO pela sua terna amizade que gosto muito.
Bem-Haja, fantástica poetiza que sonha.

Querida, amei tua foto de mamãe noel.Qque charme. Agora essa Marta é demais....vai escrever o que a gente sente assim tão bem...é impressionante. LegaL VC TER POSTADO. GOSTEI MUITO.

Apesar de tudo continuamos amando porque o amor é a roda que move o mundo, e se a roda para o mundo deixa de existir.
Um abraço. Me perdoe a ausência, mas a vida anda muito complicada.

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
JULI RIBERO




Jose
ramón...

Meu anjo, ando quase sempre meio sumido e desta vez passo por aqui 2vezes no espaço de uma semana, mas além da saudade que sempre vou "matado" sempre que falo contigo no orkut ou no facebook, queria dizer-te que estou partilhando mais um pedaço de mim em meu cantinho, meu perfil, foi uma vez mais actualizado, algo raro realmente, mas a vontade foi grande e assim o fiz, e passo por aqui também para te convidar a por lá passares se o desejares.
Beijooooooooooooos

Com tantos sentimentos ruins passeando pelo mundo, ainda bem que amamos!! Beijus,

Gosto do que a Martha Medeiros escreve, e este "continuamos amando" não foge à regra.
Querida amiga, bom resto de semana.
Beijos.

Nos tempos em que os homens ainda falavam com a mãe natureza, existia uma pequena ilha, esquecida no meio do oceano, habitada por sereias.
Por vezes, os marinheiros receosos voltavam ao porto, contando histórias fantásticas de monstros marinhos, de tentáculos gigantescos e ondas mais altas que montanhas. Ao redor de uma rodada de rum, despediam-se dos que já haviam partido, engolidos pelas ondas ou perdidos pelo canto das sereias.
O mar, omnipresente e omnipotente, comandava a vida de todos os pescadores, de todos os marinheiros, de todos os aventureiros que se atreviam à conquista de um mundo novo, inóspito e… sedutor.
Mas o mar não se deixava conquistar por ninguém.

A ilha não tinha nome, nem localização certa. Quem já a vira ao longe, garantia ser pequena, escarpada, uma mancha verde a sobressair da imensidão das águas, algures a meio da viagem entre a ponta de Africa e o Novo Mundo.
Mas ninguém voltara vivo para contar a história, nem tão pouco confirmar as lendas.
Excepto talvez o Jim, o velho marinheiro que passava os dias a deambular pela costa, perscrutando o horizonte, como se esperasse a chegada de um navio. Às vezes, viam-no no bar, sozinho a uma mesa, a devorar com sofreguidão canecas de rum, rodando compassadamente um colar de conchas que nunca largava das mãos.
Uma vez, alguém ouvira o Jim dizer:
- Não é o que vocês pensam… aquela ilha é a coisa mais bela que vocês algum dia poderão ver à face da terra…
Nunca lhe conseguiram arrancar mais palavras ou explicações.

Muitos anos se haviam passado, desde que Iemanjá o vira partir, de coração desfeito.
O destino dos homens é outro – dissera-lhe o pai, para a consolar – os homens não nasceram para viver nas águas, como nós…
- Mas, pai… aquele homem… é tudo aquilo com que eu algum dia sonhei… percebe os meus cantos, afaga as minhas lágrimas, conta-me histórias para adormecer…
- Mas é … um homem, minha filha. E tu és Iemanjá, a deusa das águas, a rainha do mar. E ele precisa de voltar para junto dos seus semelhantes…
Iemanjá nunca conseguiu demover o pai, o senhor supremo dos céus e da terra. Tão pouco lhe disse que já era tarde, que já era demasiado tarde para o esquecer.
Podia ela ser uma sereia, podia ele ser um homem…. E mesmo assim, ela sentir que finalmente encontrara a sua metade perdida, a razão última de todas as suas perguntas sem resposta?
Ele fora o primeiro que conseguira olhar para ela, para além do aspecto diferente, para além do olhar, para dentro da alma. Tocara-lhe os sentidos, amara-a na espuma das ondas e adormecera depois nos seus braços, indiferente às águas, ao olhar curioso das medusas e ao barco que partira sem ele, julgando-o perdido.
E estava.
Perdido. De uma forma que nem ele conseguia traduzir em palavras.
Perdido… e encontrado.

Iemanjá fechou os olhos. De lábios entreabertos, sorveu os últimos aromas do seu paraíso. Para trás ficaria todo um mundo que lhe era familiar, a sua casa, todos os amigos e conhecidos. À sua frente, um mar imenso, incógnito e habitado por monstros desconhecidos aguardava-a.
O mar… e uma demanda.
Porque tudo tinha um tempo próprio para acontecer.

- Um dia… eu vou procurar-te… esperarás por mim?
Ele dissera-lhe que sim, que esperaria.
Todas as marés que o vento lhe levasse… ele esperaria.

Chegara a hora.
Mergulhou.

À volta desta fogueira
Aquecem os corações, almas penadas
À volta desta fogueira ninguém foje
Todos contam lendas de pessoas encantadas

Todos rezam, todos pedem
Que desça o céu à terra
Todos falam de um anjo
Que travou uma santa guerra

Manto de água, mundo verde
Manhãs de sol posto no céu
Às vezes a luz perde-se na noite
À vezes um coração veste um negro véu


Mágico beijo

Caminheiro(a) de evolução,
Uma pessoa sábia encontra seu verdadeiro lugar no mundo, e vive de acordo com o que o destino lhe reserva. Sua força interior alimenta suas ações e todas as pessoas beneficiam com elas.
A chama energética do ser humano de consciência elevada espiritualmente espalha-se além de suas ações no mundo. Aquilo que é invisível e não possui substância física, não tem significação se não influenciar o aprimoramento das ações do homem e de outras pessoas. O sucesso vem para os humildes de alma e coração, que oferecem seus sacrifícios para maior benefício de outras pessoas no mundo.
Que a força e a luz do Cristo que tudo permeia no Universo, posso envolver você e sua família neste Natal. E que esta energia perdure por todo ano de 2010.
Feliz natal!
Ano Novo de muitas realizações
São os votos sinceros
Sublimes abraços.

Oi Juli,
Bela escolha de Martha Medeiros.

"A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio
de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida"


Beijos e Feliz Natal!

Um formoso menino estava mesmo alí
Tocou de leve o lado esquerdo do meu peito
Olhou-me com um luminoso sorriso
Deixou-me sem fala, sem jeito

Deixou-me no apagar de uma vela
Olhei novamente o mar
A calmaria voltou como por encanto
Mil criaturas inundaram-me o olhar

Golfinhos felizes assobiaram
A cria de uma baleia acenou-me
Uma andorinha do mar poisou no parapeito da janela
Uma maravilhosa e antiga história sussurou-me

As estrelas brilharam no celeste
A Lua estendeu seu manto de fino lusr nesta cena
Adormeci na imensidão deste mundo
No embalo de...Uma Noite Serena...


Uma noite serena

Um mágico Natal

Um terno beijo

Amigo deixo um abraço e os desejos de que esteja a recuperar bem. Desculpe se ando um pouco ausente, mas a minha mãe está muito mal no hospital e a disposição não é das melhores.
Tudo de bom para si.

Natal...
É o mês de confraternização Agradecimento pela vida
Bênçãos ao filho de DEUS
União, amor, reflexão!

Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
harmonia, fraternidade
Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
Que ao som dos sinos
O amor exploda em toda direção!

FELIZ NATAL!
UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

Apesar de ter ido à Recife e não ter conseguido te abraçar, te beijar e fazer tricô...ainda assim...amo você e amo àquele Deus que me proporcionou estar mais proxima de você - de alguma forma - sempre mais proxima.

amiga
FELIZ NATAL
FELIZ ANO DE 2010
QUE O CARA LÁ DE CIMA TE JOGUE MUITAS BENÇÃOS DE FELICIADE NA TUA VIDA E NA VIDA DOS TEUS.

BEIJOS

Amiguinha Doce:
Fico apreensivo e preocupado por si.
Espero que tudo corra bem.
POR FAVOR, vá me informando.
Beijinhos mil pela sua amizade sincera.
Feliz Natal e muita saúde extensivo à sua linda família.
Com constante admiração e fascínio pelo seu talento literário em fabulosas poesias de sonho.

pena

Força, amiguinha. Estarei consigo.
Bem-Haja, pelo brilhantismo que jorra de si.
Vá-me informando, peço-lhe.

July, está tudo bem?

Passando para lhe desejar um excelente natal e que este sirva para renovar os sentimentos de esperança de um ano bom! Melhor que o anterior! (rs*) Boas festas!! Beijus,

Ler-te é regressar a um Tesouro e a ao Bálsamo que me Cura.

Bem-hajas.

joshua

Amiguinha doce:
Desejo-lhe um Santo Natal com toda a minha dedicação e carinho pela doçura humana que é.
Viva o momento.
Espero que a sua saúde recupere.
Beijinhos de pura admiração pela sua significação extraordinária e bela.
Sempre a respeitá-la e a estimá-la.
O Amigo Sincero

pena

Força. Rápidas melhores.
Vá. Todos nós precisamos do seu encanto, linda amiga de sonho.

July, querida amiga,
peço desculap pela ausencia, igualmente forçada como a tua. Também estou em recuperação de cirugia,e os tempos têm sido penosos. Mas não quero deixar de te desejar ráidas melhoras, que voltes em breve e em pleno. O Natal já lá vai, mas o novo ano aí vem vindo possa ele trazer tudo o que ficou esquecido este ano, acima de tudo Saude, Paz, Amor, Harmonia e Coragem para emendar o que está mal, refoçar o que está bem e criar novas cores, novos sonhos, novas metas, novos ideais.
Deste lado do mar envio-te um abraço cheio de carinho e força, de amizade e ternuar.
Festas Felizes.
Beijos tecidos de luar

Receita de ano novo 
de Carlos Drumond de Andrade
 

Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
(mal vivido talvez ou sem sentido) 
para você ganhar um ano 
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
novo 
até no coração das coisas menos percebidas 
(a começar pelo seu interior) 
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
mas com ele se come, se passeia, 
se ama, se compreende, se trabalha, 
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
não precisa expedir nem receber mensagens 
(planta recebe mensagens? 
passa telegramas?) 
 

Não precisa 
fazer lista de boas intenções 
para arquivá-las na gaveta. 
Não precisa chorar arrependido 
pelas besteiras consumidas 
nem parvamente acreditar 
que por decreto de esperança 
a partir de janeiro as coisas mudem 
e seja tudo claridade, recompensa, 
justiça entre os homens e as nações, 
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
direitos respeitados, começando 
pelo direito augusto de viver. 
 

Para ganhar um Ano Novo 
que mereça este nome, 
você, meu caro, tem de merecê-lo, 
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
mas tente, experimente, consciente. 
É dentro de você que o Ano Novo 
cochila e espera desde sempre.

Que em 2010 Deus o abençôe com saúde, paz, muito amor e um bom trabalho!
abraço

Tão próximo a 2010...

Alguns sonhos realizados e tantos outros guardados em nossos corações.
Mesmo assim... Sonhe muito... Os sonhos fazem o espírito renascer nos envolvendo com um laço de esperança e renovando a força e a coragem para buscarmos os nossos verdadeiros ideais...
No próximo ano, que os seus sonhos lhe sirvam de inspiração para realizar e sentir que a vida é um presente de Deus.
Que todos os dias do Ano Novo sejam especiais para você!

July, Feliz Ano Novo!
Beijos meus, com carinho.
Helena

Para você,
Desejo o sonho realizado.
O amor esperado.
A esperança renovada.
Para você,
Desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder sorrir.
Todas as músicas que puder emocionar.

Para você neste novo ano,
Desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
Que sua família esteja mais unida,
Que sua vida seja mais bem vivida.
Gostaria de lhe desejar tantas coisas...
Mas nada seria suficiente...

Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes...
e que eles possam te mover a cada minuto,
ao rumo da sua FELICIDADE!!!

Abraços com todo meu carinho
FELIZ 2010

Juli, obrigado querida pelo doce visita ao meu blog.
E que delícia vir aqui no seu.
Que seu ano ele possa, nos teus versos, retratar todo o seu talento.
Parabéns.

Linda e Pura Amiga:
Espero que as Festas tenham decorrido bem.
Então, logo que puder dar notícias...!
Muita Força. Estamos todos consigo.
Beijinhos e aguardando as melhoras.
Com admiração pelo que é.

pena

Muita força, sim? Por nós.
Estamos todos à sua espera.
Linda...!

Oi querida nova amiga!!! Fiquei muito feliz com seus comentários no meu blog. E estou aqui para retribuir o carinho com um comentário meu.

Eu simplesmente amo os textos da Martha Medeiros, e você foi muito feliz na escolha, pois esse descreve nossa vida com uma perfeição não é mesmo? Inclusive tem a ver com a minha vida. Apesar de tudo o que passei e continuo a passar todos os dias, continuo amando e que bom que é assim, pois é justamente esse amor incondicional que nos mantem vivos.

Fique com Deus.
Beijos.

Juli,
É só para deixar meu voto de muita saúde e deixar presença de passagem e saudade! Bjs

Postar um comentário

FEEDJIT Live Traffic Feed

Buttons - Parceiros



BlogBlogs.Com.Br Poem Blogs -  Blog Catalog Blog Directory Assinar com Bloglines
blog search directory Blogarama - The Blog Directory Site Meter Add to any service