Bem vindo!

Bem vindo!

INSTAGRAM



Instagram

Seguidores

Ser Mãe

Posted by: Juℓi Ribeiro in ,




























Se ninguém te escutar,
A solidão te invadir.
Teu coração se quebrar
e a vida te ferir...

Não irei te abandonar.
A cada lágrima que cair,
na escuridão do teu olhar
o meu amor vai te seguir.

Eu irei te acalentar.
A tua mágoa irei sofrer.
No infinito te buscar.
No desespero te abraçar.

Se o mundo te condenar,
meu filho irei compreender.
Porque ser mãe é acreditar
na esperança e renascer.

Espinhos em flores transformar
e todas as dores esquecer.
Porque ser mãe é perdoar,
plantando sonhos de bem querer...

Juli Ribeiro

Poesia publicada no Recanto das Letras em 09/05/2009Código do texto: T1585337
Esta obra está licenciada sob uma
Licença Creative Commons.
Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito
ao autor original (Juli Ribeiro. http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro).
Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Você não pode criar obras derivadas.

This entry was posted on sábado, maio 09, 2009 and is filed under , . You can leave a response and follow any responses to this entry through the Assinar: Postar comentários (Atom) .

15 comentários

Maravilhosa Poetisa Amiga:
Este Post é perfeito.
Quanta ternura e carinho conteêm.
Feliz dia da mãe.
Um poema lindo. Enternecedor. Fantástico. Poderoso por ser soberbo de pureza e beleza ímpares de fascínio.
VOCÊ é simplesmente terna e linda.
Um Ser Humano sublime.
Brilhante, amiga.
Bem-Haja pelo seu génio criativo, extraordinário e doce. É linda.
Beijinhos de respeito que a estimam. SEMPRE! De forma gigantesca.
Com admiração e "fulminado" por tanto talento...

pena

OBRIGADO pela sua amizade preciosa que prezo imenso.

Faça uma lista de grandes amigos,
quem você mais via há dez anos atrás...
Quantos você ainda vê todo dia ?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha...
Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre...
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora...
Quantos mistérios que você sondava,
quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo,
era o melhor que havia em você?
Quantas mentiras você condenava,
quantas você teve que cometer ?
Quantas canções que você não cantava,
hoje assobia pra sobreviver ...
Quantos segredos que você guardava,
hoje são bobos ninguém quer saber ...
Quantas pessoas que você amava,
hoje acredita que amam você?
(Oswaldo Montenegro)

Desejo uma semana com muito amor, carinho e saúde
Um grande abraço do amigo
Eduardo Poisl

Um texto maravilhoso! Uma ótima semana para ti.
beijos

Juli querida, sigues escribiendo con mucha sensibilidad como siempre. Quiero hacerte llegar mis cariños, esperando que seas feliz y te encuentres bien de salud.
Venir a visitarte es para mí un placer, a pesar de la distancia del idioma, te siento cercana y todo lo que me transmites es bello. Cuídate mucho amiga mía.

Juli:
Belo e sensível. Muito lindo. Adorei.
Ser mãe é assim mesmo.
Beijinho

Que bela homenagem... gostei muito do poema e achei seu blog uma graça... (:
até mais.

Maravilhosa e Genial Amiguinha:
Que lindo o que escreveu com uma doçura fabulosa. Precioso sentimento. Uma sensibilidade Admirável.
Há cada "coisa", meu Deus.
"...Eu irei te acalentar.
A tua mágoa irei sofrer.
No infinito te buscar.
No desespero te abraçar..."

Sem palavras...apenas e uma só, SUBLIME!
Adorei. Lindo e extraordinário versejar doce!

Beijinhos pelo seu encanto, pureza e beleza de imensa significação...
Maravilhado...
Respeitosamente.


pena


Lindaaaaa!

Adorei os seus poemas!!! Muito obrigada por visitar meu blog.. Conto mais vez com sua visita foi muito especial.. Bjussss Parabéns

Juli, anjo lindo e muito amado, nossa você me fez chorar, que poesia mais linda, que encanto, que doçura, ai, me perdoe, mas o coração ficou apertado com esta sua poesia, fazia tempo que algo não me tocava desta forma meu anjo, e você me fez sentir tão bem.
AMO VOCÊ AMIGA, obrigado.
Meu carinho e amor para si vão.
Beijooooooooooooos

Doce Amiguinha:
O que escreve é de uma pureza incrível de fascinar.
Ímpar, sabe?
Tem uma sensibilidade deslumbrante de genialidade. É pura poesia que "mora" em si e no que é.
Beijinhos de um respeito imenso...
Excelente semana para si e para os seus.
Sempre presente neste lugarzinho de sonho...

pena

Bem-Haja, terna e fabulosa amiguinha.

oi minha linda... como é seu nome? o meu é Juliane... vc Juli?
bom adoro Cecilia... adoro poesia...

Gostei muito de suas poesias, tem dias em que o que nós precisamos sao palavras como essas! Parabens!

Gostaria de deixar meu blog tambem para que visitem!

www.brasildestino.wordpress.com

Oh, Maravilhosa e Doce Amiga:
Tem um talento fabuloso e gigante.
Uma poetisa de sonho.
Iniquidade e egoísmo existem em muitas pessoas, é verdade, mas não os vejo em si, linda amiga.
Parabéns por mais um poema saído do seu sentir puro, onde "mora" uma brilhante mensagem significativa de vida.
Adorei! Bem-Haja, pela sua amizade.
Beijinhos respeitadores.
Sempre a lê-la com encanto.


pena

OBRIGADO pelo voto.
É lindaaaaaaaaa!

Juli:
Espero que estejas bem.
Passaram-me um desafio que - desculpa - te repasso.
Beijinho

Magnífica poesia. Uma homenagem linda para alguém que merece todo nosso amor.

Beijos doces de sol e de lua.

Postar um comentário

FEEDJIT Live Traffic Feed

Buttons - Parceiros



BlogBlogs.Com.Br Poem Blogs -  Blog Catalog Blog Directory Assinar com Bloglines
blog search directory Blogarama - The Blog Directory Site Meter Add to any service