Bem vindo!

Bem vindo!

INSTAGRAM



Instagram

Seguidores

A borboleta

Posted by: Juℓi Ribeiro in ,























A borboleta

A borboleta traçou

um vôo impreciso na tela

a que enfeita meu quarto

na forma de uma janela


Na tela onde passa a vida

de uma maneira singela

de onde a saudade atrevida

me faz suspirar por ela


me perco no vôo impreciso

dessa dócil borboleta

que baila a minha janela


Também me perco Narciso

a me olhar no espelho

no espelho dos olhos dela

(Alexandre Souza)

Publicado no Recanto das Letras em 25/12/2006Código do texto: T327338Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.


Alexandre Souza

é um grande compositor, músico e poeta recifense.
Ele é muito querido no meio artístico e cultural.Sua simpatia e alegria conquistam todos os que tem o privilégio de terem contato com esta grande personalidade pernambucana. Seu talento já rompeu barreiras e seus trabalhos são conhecidos e aclamados mundialmente. Seu talento, sensibilidade e amor por Recife se revelam em suas belíssimas composições e poesias. Seu novo blog Andanças é uma mistura de poesia,música e muito talento. Convido vocês a conhecerem o seu blog, um espaço de encantamento e sensibilidade.

This entry was posted on quinta-feira, janeiro 24, 2008 and is filed under , . You can leave a response and follow any responses to this entry through the Assinar: Postar comentários (Atom) .

25 comentários

Ju,não haveria forma melhor de te agradecer do que te enviar um poeminha que fiz prá você:

Notícia

Passei a tarde esperando
por uma notícia tua
corri amiúde à janela
olhando a paisagem nua
então veio a noite e eu vi
teu rosto estampado na lua
mandando prá longe a saudade
banindo o vazio desta rua
que se encheu de alegria
sentindo a presença tua

Te adoro!

Alexandre Souza

Um poema terno e lindo centrado numa doce borboleta de encanto.
Personaliza a beleza e a admirável sensação introspectiva do sentir e do lindo ser.
Adorei. Sublime!
Parabéns sinceros.
Há melodia que se ouve neste brilhante poema nas palavras que parecem comunicar, sensibilizar e enternecer.
Com amizade pelo autor
Abraço amigo de estima sincera

pena

Muito bonito Juli.
E ainda não recolheu seus prémios lá no Sexta.
Um abraço

Fantástico!
Parabéns pela partilha!
Bjs de Luz*

Lindo Juli...
Passei para deixar meu carinho...

Beijos...

Soneto nosso

Casa forte sem ti é casa fraca
Casa amarela até perdeu a cor
nada nesta cidade tem mais graça
a mais linda paisagem desbotou

Você longe a Estrada do arraial
não merece este nome pois o sol
já não nasce com o mesmo brilho Ju
nem tem tanta beleza no arrebol

O rio Capibaribe coitadinho
que fluia cantando hoje chora
segue triste seu caminho pro mar

Eu fico só olhando ribeirinho
e a saudade no meu peito implora:
-Corre relógio,quero ver Ju chegar!


(Volte logo viu? Te adoro!)

Alê

Oi Juli,
Muito talentoso seu amigo.Uma linda poesia!

Estou com saudades das suas visitas!
Apareça!

Um grande beijo e uma linda semana a vc!

Borboletas esvoaçam eternamente nas palavras que escreves (ou transcreves) com mestria. Borboletas volitam graciosas nas linhas que das tuas mãos sempre se escapam. Porque, querida Juli, tu tens alma de borboleta.

Beijo sem tamanho deste lado do mar.

Bonito como sempre cara Juli. É sempre muito bm vir aqui. Um beijo

Tem alguns amigos bem atenciosos com seus escritos Juli,concordo,linda poesia como tudo que você escreve rsrsrsrsrsrsrs,parabéns!

(Alê)

Oi Ju, que lindo poema, adorei
bjsssssss

Pôxa... mas o cara é bom mesmo, hein? Ótima sensibilidade poetística... hehehehe

Abração o/

Querida Ju





______________cheguei!!!
agora é só_____um olÁ:)



e_________de todo coração__________




agradecer____________a visita na minha ausência


____________voltarei mais tarde
para ler e_____________comentar





beijOs com carinhO

Texto revelador de uma grande sensibilidade, texto que emana ternura por todos os poros...

Deixa que voe nas asas de uma borboleta

beijo

Juli...

Quando puderes passa pelo Detalhes, colhe um selo de amizade sincera e guarda-o onde preferires...

Beijinho...

Querida Juli, passei para te deixar um beijinho e desejar-te um bom Carnaval.

Vou levar a linda prendinha.
Volta depressa! ♥

Essa poesia possui uma suavidade que encanta.

Beijos de folia.

A senssibilidade impera em cada um dos sonetos que leio neste espaço magnifico. Não sendo da autoria de Juli, não descura na senssibilidade que transmite.

Serenos sorrisos.

Juli, que lindo! Aproveite bem sua viagem. Bjs.

Linda poesia.. vou visitar seu blog pra poder conhecer melhor o trabalho. Esse texto já me deixou bastante curioso.

Linda poesia.. vou visitar seu blog pra poder conhecer melhor o trabalho. Esse texto já me deixou bastante curioso.

Pôxa! escrevi algo sobre borboleta, também no meu blog, ontem!

Acho que porque o ano parece estar começando agora para mim, com suas já imensas transformações que me impõem e as que eu imponho a vida, de volta. (;

Beijos, flor.

Lindo poema.

Vou lá....


Quem não gostaria de ver como uma borboleta????


To matando a saudade dos blogs que gosto de ler, enfim volta as aulas.

Beijos

Querida Juli, tão caladinha que estás? Que se passa? Vem ao meu cantinho tens um desafio à tua espera.

Beijo imenso deste lado do mar

Postar um comentário

FEEDJIT Live Traffic Feed

Buttons - Parceiros



BlogBlogs.Com.Br Poem Blogs -  Blog Catalog Blog Directory Assinar com Bloglines
blog search directory Blogarama - The Blog Directory Site Meter Add to any service