Bem vindo!

Bem vindo!

INSTAGRAM



Instagram

Seguidores

Prisioneiros do querer

Posted by: Juℓi Ribeiro in ,

Prisioneiros do querer


Quanto tempo procurei por ti amor?
Como a borboleta precisa da flor,
eu preciso do teu sorriso,
eu preciso do teu calor.

Estavas no reflexo das lágrimas de saudade!
Te esperavas desde o início dos tempos.
Por ti seriam todos os meus desejos.
Te procuraria até a eternidade!

Somos prisioneiros do querer.
Mas nesta doce prisão
enlaçamos nossos corpos com prazer,
nos entregamos com o coração...

Envolvidos, um no outro perdidos
escutamos os nossos gemidos.
Nesta doce agonia,
esquecemos da razão e dos sentidos.

Como pássaros procurando o ninho,
nos entregamos um ao outro.
São tuas todas as minhas carícias.
São teus todos os meus carinhos.

Juli Ribeiro

Publicado no Recanto das Letras em 22/03/2007Código do texto: T421423
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original
Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

This entry was posted on quinta-feira, março 22, 2007 and is filed under , . You can leave a response and follow any responses to this entry through the Assinar: Postar comentários (Atom) .

14 comentários

Juli Ribeiro:

Uma carícia poética sem dúvidas.

É disto que se precisa para viver em paz!

Premio Nobel, já!!!

Sou prisioneiro do sorriso, sou prisioneiro do amor.
beijos joao

Somos prisioneiros do querer , somos prisioneiros das nossas vontades e sentires.
Beijito.

Quando se o é de um amor encantado,é gostoso...belissimo poema...bjca

Oi amiga,passei para deixar-te um beijinho de saudades!Mesmo de férias,vou fugindo para cá.
Fica bem,beijinhos de luz para ti!!!!Bom final de semana.

Olá querida amiga! Belíssimo este poema que dourada prisão de barras de felicidade e profundo amor. Deixo mil beijinhos doces e um abraço apertado minha doce amiga. Desculpe a minha ausência. Bom Domingo.

"São tuas todas as minhas carícias
São teus todos os meus carinhos".

É uma afirmação, que vinda da pessoa que ama, é música para o ouvido de qualquer homem. Feliz do homem que tem esse previlégio e feliz da mulher que é capaz de se confessar, e entregar, assim.
Juli obrigado por partilhares conosco os teus poemas, e pelas palavras bonitas e amigas com que sempre me brindas. Uma excelente semana para ti.

Lindíssima eta forma de se declarar a quem ama, dizendo em poucas palavras muito! Um poema lindo,sem dúvida.
Lindas são as palavras que brotam do coração
de pura alma exuberante
na companhia de sua paixão.

Obrigada pelas bonitas palavras e poemas que me tem deixado no meu cantinho, fico sem palavras para expressar o carinho que lá tem deixado, mais uma vez obrigada.

Sereno Sorriso Primaveril.

Você me faz um homem muito feliz Ju,te amo! Lindos versos.

Olá! A poesia está muita bacana mesmo. Tais dito prisioneiros do querer... Demais!

abraços,
O Sibarita

Mais um belo poema de amor.

Sempre maravilhoso entrar aqui neste teu cantinho mágico.

Beijinho e bom fim de semana*

Oi Juli!!!!!!!
Vim cá deixar meu beijinho e me deparo com um lindo poema!
Que delicia!
Somos sempre prisioneiros do querer!

cuida-te!

Minha adorada amiga! Venho agradecer toda a sua amizade e deixar o meu beijinho amigo com votos de um Domingo iluminado cheio de paz e amor.

oy oy pembişş blogun güzelmişş beyaww iyi akşamlarr siye gurbannn byyy :)
www.eftelya88.blogcu.com

Postar um comentário

FEEDJIT Live Traffic Feed

Buttons - Parceiros



BlogBlogs.Com.Br Poem Blogs -  Blog Catalog Blog Directory Assinar com Bloglines
blog search directory Blogarama - The Blog Directory Site Meter Add to any service