Bem vindo!

Bem vindo!

INSTAGRAM



Instagram

Seguidores

TEU AMOR É UMA MEIGA TORTURA

Posted by: Juℓi Ribeiro in


















TEU AMOR É UMA MEIGA TORTURA

Teu amor é uma meiga tortura
que faz brotar a semente,
do sentimento inocente
que todo adulto procura.

A lágrima que cai pura
no coração feliz que sente,
a magia da paixão e consente
ser levado nesta doce aventura.

Os sorrisos afastam lembranças
do passado dos momentos de pesar.
Ocorrem alegres mudanças.

Nossa estrada é feita de esperanças.
Caminhamos de mãos dadas devagar.
Estamos juntos, sonhando como crianças.

( Juli Ribeiro )

Publicado no Recanto das Letras
em 31/10/2006Código do texto: T278718

Mais sobre Juli Ribeiro em:

JARDIM RISONHO

Posted by: Juℓi Ribeiro in





















JARDIM RISONHO

Viestes tarde, meu amor? Corre.
Guardei para ti todas as flores
da primavera e os pássaros cantores
anunciam a tarde que morre.

Estás presente no orvalho que escorre.
Em cada gota refletindo mil amores.
Reluzindo a saudade em suas cores.
Nessa estrada brilhante o amor percorre.

Tua chegada alegra e perfuma
o nosso jardim agora risonho.
Desaparecem tristezas e a bruma.

As dúvidas vão embora, uma a uma.
A realidade é um belo e feliz sonho
que o vento vai levando feito pluma.

( Juli Ribeiro )

Soneto publicado no Recanto das Letras
em 30/10/2006 Código do texto: T277893

Mais sobre Juli Ribeiro em:

SONHO DE CINDERELA

Posted by: Juℓi Ribeiro in














SONHO DE CINDERELA

Toda menina quis ser Cinderela.
Sonhou com o amor como Julieta.
Livre voando, como uma borboleta.
Pintando a vida em uma aquarela.

A menina cresce e olha pela janela,
o sol brilha nas belas violetas.
Pintadas por Deus e sua paleta.
Percebe que a vida é diferente da tela.

Procura seu príncipe encantado,
Suas lágrimas molham o jardim.
Onde estará seu bem-amado?

Será que ele é o seu namorado?
Amor, não se esconda de mim.
Por toda a vida tenho te procurado.

( Juli Ribeiro )

Sonteto publicado no Recanto das Letras
em 29/10/2006Código do texto: T277093

Mais sobre Juli Ribeiro em:

MEUS BEIJOS TE ESPERAVAM TANTO!

Posted by: Juℓi Ribeiro in





















MEUS BEIJOS TE ESPERAVAM TANTO!

A alegria era imensa, quando tu vinhas.
Meus beijos te esperavam tanto!
Molhavam meus sonhos no encanto.
Nessa espera, eu era tua e tu me tinhas.

Lembranças suas e minhas,
suave e feliz encontro.
Recordação em cada canto,
segue-me e tu não adivinhas?

Nosso amor da saudade é filho.
Carregando alegrias e dores.
Transforma-se em puro brilho.

Num jardim delicado está vivo.
Faz brotar todas as flores e cores.
Dessa paisagem, nós dois somos o motivo.

( Juli Ribeiro )

Publicado no Recanto das Letras
em 27/10/2006Código do texto: T275376

Mais sobre Juli Ribeiro em:

OLHOS DE DOCE E FELIZ VIAGEM

Posted by: Juℓi Ribeiro in
















OLHOS DE DOCE E FELIZ VIAGEM


Meus olhos te seguem contente.
Simplesmente extasiados.
Sorriem felizes, maravilhados,
por tua beleza envolvente.

Tu não percebes inocente,
o meu desejo calado.
Por ti tenho buscado.
na minha vida carente.

Teus olhos traduzem
momentos sonhados.
Deles me faço refém.

Entrego-me a esta paisagem.
Submissa, meu bem-amado,
dos olhos de doce e feliz viagem.

( Juli Ribeiro )

Publicado no Recanto das Letras
em 26/10/2006Código do texto: T273985

Mais sobre Juli Ribeiro em:

MINHA FANTASIA NA SUA NAVEGA

Posted by: Juℓi Ribeiro in

















MINHA FANTASIA NA SUA NAVEGA

Meus olhos brincam na doce procura,
do teu olhar que a mim se entrega.
Mágico encanto se revela,
nesse encontro em feliz aventura.

Cheia de amor e ternura,
minha fantasia na sua navega.
Estamos juntos, a vida é bela.
E o mundo é uma linda pintura.

Brilha para nós dois a lua,
prateando nosso bem-querer.
No céu estrelado ela flutua.

Iluminando com seus raios a rua.
Tanta felicidade parece doer,
na nossa alma apaixonada e nua.

( Juli Ribeiro )

Soneto publicado no Recanto das Letras
em 23/10/2006Código do texto: T271866

Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

O AMOR É A PRIMAVERA DESTA VIDA

Posted by: Juℓi Ribeiro in






















O AMOR É A PRIMAVERA DESTA VIDA



O amor é a primavera desta vida.
Os teus olhos são a madrugada.
Eu sinto o desejo que palpita.

Na noite serena e estrelada.


A felicidade em nós habita.
Seguimos essa doce estrada.
Com nossa ternura infinita,
por nosso amor iluminada.


Nossos sonhos agora são verdades.
O amor nos liberta e nos prende.
Distante somos uma só saudade.


Eu te procuro mas você em mim mora.
Sua beleza em mim resplandece.
Refletindo todo nosso amor agora.


( Juli Ribeiro )

Publicado no Recanto das Letras

em 22/10/2006Código do texto: T271034



Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

NOSSO AMOR É TERNURA TRANSPARENTE

Posted by: Juℓi Ribeiro in

















NOSSO AMOR É TERNURA
TRANSPARENTE


Sei que tudo é passageiro.
Mas teus olhos quase me convencem
que tu és meu dono e que me pertences.
Entrego-me a este doce cativeiro.

Meu coração bate ligeiro.
Corro aos teus braços e não sentes,
o tremor das minhas mãos que vencem
a distância entre as tuas por inteiro.

Beijo o teu rosto faceiro.
O mundo se transforma reluzente,
nas flores do mais lindo canteiro.

Tudo é luz, não existe nevoeiro.
Nosso amor é ternura transparente.
Tu me encantas meu amado companheiro.

( Juli Ribeiro )


Publicado no Recanto das Letras
em 19/10/2006Código do texto: T268652


Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

PROMESSAS QUEBRADAS

Posted by: Juℓi Ribeiro in





















PROMESSAS QUEBRADAS

Promessas quebradas
relembro na noite escura.
Minha alma em vão procura
tua presença na madrugada.

Sinto imensa amargura
que invade acostumada
minha solidão cansada
como nuvem prateada.

Tudo passa nesta vida
e terminam nossas dores
como um céu de purpurina.

Uma promessa quebrada
um ramalhete de flores
pintam o perdão na tela fina.

( Juli Ribeiro )

Soneto publicado no Recanto das Letras
em 15/10/2006Código do texto: T264802


Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

Ainda arde aquela chama

Posted by: Juℓi Ribeiro in






















AINDA ARDE AQUELA CHAMA

( Juli Ribeiro )

Ainda arde aquela chama.
Ainda é seu o seu calor.
Por ti derrete e se derrama
em gotas suaves de amor.

Refletem naturalmente
o teu olhar encantador.
E se entregam docemente
a meigos sonhos com fervor.

Tu não percebes simplesmente
essa beleza multicor.
Que livre reina no meu peito sofredor.

É por teus beijos que reclama.
Tua saudade que tem gosto de licor.
Sou sua borboleta e você é meu beija-flor.


Soneto publicado no Recanto das Letras
em 12/10/2006 Código do texto: T263073

Mais sobre Juli Ribeiro em:

http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

SENTIMENTO AZUL

Posted by: Juℓi Ribeiro in

SENTIMENTO AZUL


( Juli Ribeiro )

No horizonte azul,
Um pássaro azul,
voa contente no céu azul.
A borboleta azul,
espera feliz,
o beijo azul,
do amor azul.
A alegria pinta tudo de azul,
O sentimento,
agora é também azul.

Publicado no Recanto das Letras
em 10/10/2006Código do texto: T261387


Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

Deslumbramento

Posted by: Juℓi Ribeiro in



DESLUMBRAMENTO

( Juli Ribeiro )

Livre como o vento
em suave deslubramento.
Vou ao encontro
do meu bem-amado.

O meu coração
sente o alento.
Sou arrebatada
ao contentamento.


Neste momento
sem julgamento
sou só sentimento.

Me entrego ao doce intento.
Num abraço demorado
sou feliz descobrimento.


Publicado no Recanto das Letras
em 09/10/2006 Código do texto: T260600


Mais sobre Juli Ribeiro em:

http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

Esperança

Posted by: Juℓi Ribeiro in




ESPERANÇA

( Juli Ribeiro )

Quando chega o cansaço
a tristeza insiste em ficar.
Quando sentimos falta de um abraço,
o abandono em todos nossos espaços.

Surge um raio de sol,
aquecendo sentimentos.
nos unindo como um laço.
brilhante em cada traço.

A luz da esperança
cintilante sem embaraço
nos envolve em confiança.

E em volta tudo se renova,
nossos sonhos são crianças
acalentadas em nossos braços.

Publicado no Recanto das Letras
em 07/10/2006 Código do texto: T258861


"A esperança é o combustível de nossos sonhos
e a força que nos impulsiona a realizá-los"

Mais sobre Juli Ribeiro em:

http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

AO SER HUMANO

Posted by: Juℓi Ribeiro in




















AO SER HUMANO
(Martha Maganha)

Fui criado pelo mesmo Deus que criou você.
Sinto frio, fome, sede, medo, dor,
assim como você.
Por favor, não me use para se divertir,
não me exponha ao ridículo,
não me humilhe, não me maltrate
e nem abuse de mim.
Só o que quero é sua amizade e carinho.
Não peço que goste de mim,
mas somente que me respeite.
Olhe nos meus olhos e depois olhe nos seus
e verá como somos parecidos.
No meu olhar você pode ver doçura, alegria,
tristeza, desespero, amor ou sofrimento,
e isso eu também posso ver no seu olhar!
Por capricho do nosso criador,
não posso falar
e nem me defender da brutalidade
e crueldade dos seus semelhantes,
mas se eu pudesse falar agora,
diria a todos que eu também mereço viver
e sou digno de respeito, assim como você....
Com carinho,

Um animal
" 
ૠ॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰ૠৣৢॐৣৢૠ

Esta é uma foto de Barbie, amiga inesquecível.
Foi minha grande companheira durante 13 anos.
Mora no meu coração.

Quando chega o meu amor

Posted by: Juℓi Ribeiro in


























QUANDO CHEGA O MEU AMOR

( Juli Ribeiro )

Quando chega o meu amor,
vem como um raio de sol...
Aquece tudo ao meu redor,
me envolvendo com ardor.

Atravessa a neblina de minha vida,
encontra minha terra prometida.
Em luz eu me transformo,
me aquecendo em seu calor.

Sua presença vai trazendo,
alegria, magia e cor.
Não me sinto ferida.

Esqueço até a despedida.

Em um minuto vou morrendo
e renascendo...
Acolhida por "meu raio de sol",
encontro minha alma-perdida.


Publicado no Recanto das Letras
em 02/10/2006 Código do texto: T254872

Mais sobre Juli Ribeiro em:

http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro


FEEDJIT Live Traffic Feed

Buttons - Parceiros



BlogBlogs.Com.Br Poem Blogs -  Blog Catalog Blog Directory Assinar com Bloglines
blog search directory Blogarama - The Blog Directory Site Meter Add to any service