Bem vindo!

Bem vindo!

INSTAGRAM



Instagram

Seguidores

Encontro

Posted by: Juℓi Ribeiro in

ENCONTRO

( Juli Ribeiro )

Quando minha mão toca a sua,
Meu coração te entrega minha alma.
Não são necessárias palavras,
tudo em mim se acalma.

Minha pele e a sua,
parecem ser uma só...
Não sei onde começa a minha
ou onde termina a tua.

Em pura sintonia,
caminhamos lado a lado.
Em cada gesto, prazer e alegria.
Estamos em plena harmonia.

Toda distância é feliz,
me sinto uma aprendiz.
Te perco e te acho,
sorrindo num só abraço.

Meus dedos felizes,
encontram suas raízes.
Que unidas as minhas estão,

Vindas de uma só emoção.


Publicado no Recanto das Letras
em 01/10/2006 Código do texto: T253989


Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

O tempo

Posted by: Juℓi Ribeiro in ,


O TEMPO

O tempo é muito importante...
aproveita o tempo para ouvir e aprender,
para ver a beleza que nos rodeia,
para demonstrar afecto,
para criar doces recordações
e apreciar momentos especiais.
O tempo é muito precioso...
só ele cura velhas mágoas
e nos permite ganhar
esperança e sabedoria.
Mas sobretudo, aproveita
o tempo para acreditar nas tuas próprias capacidades.
A borboleta não conta meses
mas sim momentos,
e tem tempo suficiente.

( Rabindranath Tagore )


ஞீଂ◦...◦ଂீஞீଂ◦...◦ଂீஞீଂ◦...◦ଂீஞீ◦...◦ଂீஞீ

"O coração da mulher não muda com o tempo
e não se transforma com as estações.
Agoniza longamente, mas não morre.
O coração da mulher
é semelhante aos campos
onde os homens travam suas guerras
e perpetram suas matanças.
Arrancam-lhes as árvores,
queimam-lhes a grama,
mancham-lhes as pedras de sangue,
plantam ossos e crânios no seu solo.
Mas eles permanecem tranquilos e pacíficos
e neles a primavera, continua a ser primavera..."

"Asas Partidas"( Gibran Khalil Gibran )


ஞீଂ◦...◦ଂீஞீଂ◦...◦ଂீஞீଂ◦...◦ଂீஞீ◦...◦ଂீஞீ


Do mestre... (Gibran)

"Me acham louco por não vender meus dias...
e eu os acho loucos por acharem que meus dias têm preço"

Pedaços de minha vida

Posted by: Juℓi Ribeiro in

PEDAÇOS DE MINHA VIDA.

( Juli Ribeiro )

Trago dentro de mim,
uma parte de tudo que amo.
Pedaços de meus amores,
em todas as minhas cores.

Juntando cada pedaço,
as vezes sou toda sorriso.
Me transformo em cada traço
em outras simples lágrima,
carente do teu abraço.

Vou colando meus pedaçinhos,
nos meus momentos de dor.
sentindo que não estou sozinha,
Em todos sou puro amor.

Vem comigo,
as estações de minha vida.
Sou primavera, outono, inverno e verão.
Sei que em todos os meus pedaços,
faço um abrigo,
sofro e entrego meu coração...

Publicado no Recanto das Letras
em 30/09/2006 Código do texto: T253337


Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

O planeta das lágrimas e dos sorrisos

Posted by: Juℓi Ribeiro in ,





















Este é o nosso querido
planeta terra,
também chamado de planeta azul.
É nele que encontramos nossa morada,
somos parte dele,
como um pequeno grão de areia.
Nele se encontram
nossas lágrimas e sorrisos,
nossos sonhos e desejos.
Que pertenceram aos nossos pais
e serão a herança de nossos filhos.
O que será de nossos sonhos,
se o abandonarmos?
Terá sido em vão
tantas lágrimas e sorrisos...
Deixaremos morrer tanta beleza e amor?

Juli Ribeiro

♥ஜ______ஜॐ♥ஜ______ஜॐ♥ஜ______ஜॐ♥

Como escreveu Gibran:

"Eu não trocaria as tristezas do meu coração
pelas alegrias dos homens,
e não desejo que as lágrimas que a melancolia provoca
nos meus olhos se transformem em risos.
Prefiro que minha vida
permaneça uma lágrima e um sorriso:
uma lágrima
que purifique meu coração
e me faça compreender
os mistérios e segredos da vida,
e um sorriso
que me aproxime
dos meus semelhantes
e simbolize minha glorificação aos deuses.
Uma lágrima
que me irmana
aos tristes de coração,
e um sorriso
que proclama a minha alegria de viver.
Prefiro morrer de muito desejar
a viver na indiferença.
Quero sentir nas minhas profundezas
fome pelo amor e a beleza,
pois observei e verifiquei que os satisfeitos
são os mais infelizes dos homens
e os que mais
se assemelham à matéria inanimada;
e escutei e descobri
que os gemidos de saudade do apaixonado
são mais embaladores que as melodias dos violinos.
Quando a noite cai, a flor fecha as pétalas
e dorme abraçada aos seus desejos;
e quando rompe a madrugada,
descerra os lábios para receber o beijo do sol.
A vida da flor
é desejo seguido de união:
uma lágrima e um sorriso.
Evapora-se a água do mar
e se eleva e se condensa em nuvens
que passeiam por sobre os vales e as colinas.
Mas quando encontram brisas suaves,
descem em lágrimas sobre os campos
e se juntam aos arroios e voltam ao mar, sua pátria.
A vida das nuvens é separação e depois reencontro:
uma lágrima e um sorriso.
Assim a alma se separa do espírito universal
e caminha no mundo da matéria
e passa como nuvem
por cima das montanhas de tristeza
e dos campos de alegria,
e quando encontra as brisas da morte,
volta à sua origem:
ao mar do amor e da beleza, ao coração de Deus..."

( Gibran em seu livro Uma lágrima e um sorriso )

Seja Primavera...

Posted by: Juℓi Ribeiro in



"Deixe a vida
fazer com você,
o que a primavera
faz com as flores"

( Pablo Neruda )

Meus amigos

Posted by: Juℓi Ribeiro in


Dedico essa rosa a todos
os meus amigos,
reais ou virtuais.
Adoro vocês.

MEUS AMIGOS

( Juli Ribeiro )

Meus amigos,
são como um campo florido,
eternamente no meu coração.
São deles muitas das minhas lágrimas
e dos meus sorrisos,
porque com eles é que divido,
meus sentimentos e minha emoção.
Tenho amigos que são como caminhos
me ajudam a seguir em frente
com o seu carinho.
Outros são pontes
com eles atravesso os rios
e encontro meus horizontes.
Mas todos eles são flores
alegram a minha vida
eles são grandes amores.
Alguns são como faróis
me guiam na escuridão
na chegada ou na partida.
Assim não me sinto perdida.
Meus amigos também são estrelas
cada vez que olho o céu,
fico toda contente.
Eles estão sempre presentes
sempre que estou carente.


Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro



A canção da onda

Posted by: Juℓi Ribeiro in






















A CANÇÃO DA ONDA

Do livro "Uma lágrima e um sorriso"
de Gibran."

"Eu e a praia somos dois enamorados
que a paixão junta e os ventos separam.
Venho de além do horizonte azul
para misturar a prata
de minha espuma com o ouro
de suas areias
e para resfriar o calor de seu coração
com minha saliva.
Na aurora, confesso
minha paixão a minha amada
e ela me aperta contra o seu coração
e a tarde canto minha saudade
e ela me cobre de beijos"


A menina que mora em mim

Posted by: Juℓi Ribeiro in


























A MENINA QUE MORA EM MIM

( Juli Ribeiro)

Mora em mim uma menina,
que tem no coração uma flor.
Que adora Cora coralina,
e acredita no amor.
Tem o porte de princesa,
nos sentimentos uma pureza...
Ela tem sempre certeza,
que a tristeza
é passageira.

Carrega em suas mãos, a delicadeza.
Nos olhos a clareza das crianças.
que não possuem frieza, aspereza,
dos que perderam a esperança.
Ela é como a natureza,
dona de tanta força e beleza,
que parece ser dos rios as correntezas.
A chamam de fortaleza.

Tem a lucidez, sensatez,
realeza, franqueza,
dos que tem nos sentimentos pureza.
Não importam os perigos,
ela os enfrenta com rigidez,
mas sua voz com maciez,
pede com gentileza,
e um meigo sorriso,
quero brincar outra vez...




Publicado no Recanto das Letras
em 18/10/2006 Código do texto: T267783


Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

"O abraço salvador"

Posted by: Juℓi Ribeiro in ,

Falando de amor...

Posted by: Juℓi Ribeiro




FALANDO DE AMOR...

Quem ama liberta... (Juli Ribeiro)


"Não sou teu dono!
Apenas te amo.
Por isso te liberto,
pois para mim mais vale
ver teu sorriso
longe dos meus braços
do que sentir tuas lágrimas
molhando o meu peito."
( A.D .)



"Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida,
mas poucas Amam ou encontram o Amor verdadeiro.
Ou, as vezes encontram e,
por não prestarem atenção nesses sinais,
deixam o amor passar
sem deixa-lo acontecer verdadeiramente.
Por isso, preste atenção nos sinais,
não deixe que as loucuras do dia-a-dia
o deixem cego para a melhor coisa da vida: o Amor..."

( Carlos Drummond de Andrade )

ﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞ

"As paixões são como ventanias
que enfurnam as velas dos navios,
fazendo-os navegar; outras vezes
podem fazê-los naufragar, mas se não fossem elas,
não haveriam viagens nem aventuras
nem novas descobertas."

( Voltaire )

ﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞ


"O segredo é não correr atrás das borboletas...
É cuidar do jardim para que elas venham até você".

( Mario Quintana )

ﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞﱞଂﺓﻐﻬﻲﻳ■ﻲﻬﻐﺓଂﱞ

Solidão

Posted by: Juℓi Ribeiro in



SOLIDÃO

( Juli Ribeiro )

Hoje a solidão me encontrou.
Não me senti triste.
Ela em mim
seu espaço conquistou.

Me sinto inteira, feliz
comigo mesma,
dona de minhas vontades
Sei que a saudade,
vai insistir e vou recordar meus amores.
Mas aprendi que o meu maior amor,
sou eu...

Eu me respeito,
e nas batidas do meu peito,
sinto que meu coração,
é maior que todas as dores.

Nele cabem todos os meus amores,
como um jardim de mil cores,
repleto de luz e flores.

E nele eu sou livre
para amar...
Sou forte e luto pela felicidade,
sem mágoas e falsidades.

Neste momento,
a solidão é minha amiga.
Porque tudo vai passar,
menos o meu amor
e minha vontade de amar.


Publicado no Recanto das Letras
em 18/10/2006Código do texto: T267794


Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

Delicadeza

Posted by: Juℓi Ribeiro in


DELICADEZA

(Juli Ribeiro)

As mãos de quem ama,
possuem o encanto e a beleza,
de tocar suavemente
tanto o corpo como a alma.

Fazem vibrar com perfeição,
cada centímetro de nosso mundo,
chegando ao nosso coração.
Tãos macias, generosas, tudo acalmam.

Enxugam lágrimas, provocam suspiros.
Docemente invadem nossa fortaleza.
Resplandeçem com emoção e pureza
toda a nossa natureza.

E pacíficos, submissos, felizes, somos crianças.
Nos entregamos a sua doce prisão.
Mãos que acariciam, que libertam,
que consolam, que nos trazem esperança.

Que nos levam para longe de todas as incertezas.
fazendo do sonho realidade,
com toda a simplicidade,
trazendo paz e felicidade.



Publicado no Recanto das Letras
em 18/10/2006Código do texto: T267818


Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

Posted by: Juℓi Ribeiro in

Áureos tons na natureza...
Paleta das mãos de Deus...
Tanto Amor, tanta beleza,
Preenchendo os olhos meus...

(Oriza Martins)

Suspiro

Posted by: Juℓi Ribeiro in

SUSPIRO

( Juli Ribeiro )

Um suspiro, um desejo, uma paixão.
Vai saindo, sentindo, sem apelação.
Sem saber, vai fluindo nossa emoção,
caindo como chuva, gota a gota do coração.

Desfolhando nossos sentimentos,
como rosas em botão.
Tão suave, tão leve, mas forte como um furacão...
Dominando plenamente nossos sentidos, como um mestre artesão.

Trazendo a paz, a serenidade,
com total cumplicidade, sonhando com felicidade.
Fazendo ser a primavera, dentro do meu coração,
depois de uma longa espera, novamente estação.

Publicado no Recanto das Letras
em 26/10/2006Código do texto: T274050

Mais sobre Juli Ribeiro em:

http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

Tristeza em preto e branco.

Posted by: Juℓi Ribeiro in

















Hoje estou triste mas a tristeza é passageira.


TRISTEZA EM PRETO E BRANCO

( Juli Ribeiro )

Hoje sinto um desalento
que da minha tristeza é principal elemento.
Minhas lágrimas, escorrem com arrebatamento.
Sei que também farão parte do meu crescimento,
mas sinto dentro de mim um esgotamento...
No país da tristeza tudo pareçe cinzento.
Cada lágrima que rola, é um novo descobrimento,
sei que me farão mais forte e sedenta
de novas alegrias e sorrisos que virão depois do meu tormento.
Mas é tão difícil encontrar esquecimento,
Para aquela mágoa que brotou do sofrimento.
No presente vou pintando com o vento,
novas cores que invento.
e a lágrima continua correndo
derramando gota a gota minha dor sem fingimento.
Até que cansada, seque sem constragimento.

Publicado no Recanto das Letras

em 26/10/2006Código do texto: T274055

Mais sobre Juli Ribeiro em:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

Um segundo é para sempre.

Posted by: Juℓi Ribeiro in

UM SEGUNDO É PARA SEMPRE.

( Juli Ribeiro )

Por um segundo
meus olhos com os seus
se encontraram inocentemente
ficaram maravilhados, encantados...
Com a rapidez de uma estrela cadente
sua luz brilhou e em mim se fez presente.
E até hoje estou carente,
dona de um desejo ardente.
O meu coração é confidente
de uma dor tão comovente,
que se chama simplesmente
saudade de você...
Mas se você aparece de repente,
tudo fica diferente.
A estrela do meu amor,
cria vida novamente
de maneira contudente,
brilha e alegra conivente
com beleza reluzente
como uma borboleta contente
vem pousar benevolente
no meu coração descrente
trazendo naturalmente
a paz do meu amor presente.

Mais sobre Juli Ribeiro em:

http://www.recantodasletras.com.br/autores/juliribeiro

Amar e ser amado

Posted by: Juℓi Ribeiro in , ,



AMAR E SER AMADO.

( Juli Ribeiro )

Amar e ser amado... Penso que todos
estão a procura deste sentimento.
Quando encontramos, pensamos que será
para sempre.
Muitas vezes nos acomodamos e esquecemos,
que o amor se conquista todos os dias.
No dia a dia, na urgência de viver,
nos esquecemos como é importante,
compartilhar pequenos momentos de carinho e cumplicidade.
Existe horário para tudo, trabalho, estudo, obrigações que são indispensáveis.
Fatalmente deixamos de ter tempo,
para namorar, brincar, correr atrás da felicidade,
pensando que está tudo perfeito.
De repente, começamos a sentir que está faltando alguma coisa,
que perdemos algo, mas não sabemos o que?
Vem com isso uma sensação de insatisfação
e pensamos que não é culpa nossa...
O que será que aconteceu?
E eu pergunto, onde está a conquista? O romance?A cumplicidade?
O tempo que não gastamos com o amor? O namoro?
Quanto tempo faz que vocês não andam de mãos dadas?
Ou simplesmente pararam para olhar a lua?
Onde anda a tal felicidade?
Você, verá que o amor, cresce, amadurece, mas também pode morrer...
E você vai ter que correr atrás, vai ter que dedicar mais tempo para o seu amor.
Você vai compreender que vocês dois têm que crescer,
sem fazer sombra um ao outro,
que confiança é a maior prova de amor e amizade que existe,
que "quem ama verdadeiramente liberta"
e tem sempre tempo para amar e para o amor.

________________________________________________________________

“Há pessoas que transformam o sol
numa simples mancha amarela,
mas há também aquelas que fazem
de uma simples mancha amarela o próprio sol."

( Picasso )

FEEDJIT Live Traffic Feed

Buttons - Parceiros



BlogBlogs.Com.Br Poem Blogs -  Blog Catalog Blog Directory Assinar com Bloglines
blog search directory Blogarama - The Blog Directory Site Meter Add to any service